domingo, 7 de novembro de 2010

Perspectiva

Talvez não exista heróis e vilões, tão pouco príncipes e princesas, fadas e duendes, gigantes e anões...

Talvez tudo seja uma questão de perspectiva, de ponto de vista, percepção clara ou distorcida, maneira saudável ou doentia de ver o mundo...

São tantos 'talvez', tantas incertezas, tantas dúvidas, que por vezes sentimos como se tivéssemos nos perdido no caminho. Mas como dizem, não são as respostas que movimentam o mundo e sim as perguntas! De fato, realmente são elas, as perguntas, as dúvidas, as incertezas, que nos movimentam para que algo seja feito, para que algo seja mudado, para que haja algum sentido, para que nossa existência não seja uma passagem em vão.

Enquanto carregamos o peso da dúvida, buscamos sempre caminhos, maneiras, formas diferentes, de ser, de ter, de agir, de sentir, de olhar, de falar, de andar, de seguir, de acreditar, de amar (...), de executar a função do verbo - ação. Rumo a essa certeza, a essa verdade absoluta que mesmo sem existir faz com que esse processo evolução/transformação/vir-à-ser não se interrompa.Escute seu íntimo, e perceba que a vida não precisa ser árdua, densa, e se ela já é, você pode mudar isso, pois tudo é uma questão de perspectiva. O caminho pode não ser fácil, mas pode ser leve, desde que visualize as coisas a partir de um prisma de leveza.

Como é o mundo para você? Cheio de heróis ou vilões? A resposta depende como você o vê, de como você se coloca diante dele! Vitimizado ou atuante?

Somos capazes de ver, de ser, de perceber, de viver e de fazer do mundo um lugar melhor...



A.C.S.

Um comentário: