quarta-feira, 22 de julho de 2009

Falando de amor...

SEXTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2007
Um dos maiores erros do ser humano é querer tirar do pensamento aquilo que não saí do coração...
Mas como apagar marcas profundas, que o tempo está sendo incapaz de apagar? Como cicatrizar essas feridas que se recusam fechar?
A era dos contos de fada já passou... Um dia você descobre que beijar uma pessoa pra esquecer outra é uma grande bobagem, você só não esquece uma pessoa porque pensa muito nela. Dizem que o que os olhos não veem o coração não sente. Eu discordo, o que os olhos não veem o coração sente sim, quanto mais longe dos olhos mais perto do coração!
Você pode ficar algum tempo sem pensar em esse certo alguém, mas se de fato ainda não está totalmente "curado" ao encontrá-lo por acaso tudo reaparece, em sua cabeça passa um trailer dos momentos vividos e supostamente esquecidos.
Mas esse tão sonhado dia uma hora chega, aí você pode falar sem que seus olhos se encham de lágrimas, "o que passou, passou, e o presente só nós faz amigos".
O pior castigo por amar tanto, é a indiferença do amor não correspondido, enquanto seu único desejo é amar incondicionalmente aquele que só te faz sofrer.
E a Jornada continua com a esperança de que um dia esse amor se torne mútuo.


A.C.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário