sábado, 11 de dezembro de 2010

Quem diria hein!

Nunca imaginei que diria isso mas, sinta falta do silêncio, passei tanto tempo sozinha que... sinto falta da minha solidão! Olhar para o nada e ver o tempo passar, sem pressa de sair do transe dos meus devaneios... Agora pausadamente eu navego em meus pensamentos...
Cinco anos se passaram, muitas coisas mudaram, muitas pessoas me marcaram, mas eu ainda sonho em como seria envelhecer ao seu lado...
Foi preciso passar todo esse tempo para que dois corpos se reencontrassem e finalmente se unissem. Eu te amo, sempre amei, mesmo quando você se fez ausente, meu amor por você continuava ali... guradado... adormecido...
Eu pensei que estava curada, pensei estar livre... mas um dia sem avisar você aparece dizendo que sentiu saudades, que se arrependeu por ter sumido por tanto tempo. E assim dividiu meu mundo! Me levando a ter inúmeras recaídas, e agora me vejo mais uma vez presa nesse ciclo vicioso de encontros e desencontros...
Hoje, sinto que já não posso mais me sustentar nessa posição. Ainda te amo, mas quero certezas, pois não tenho mais condições de ficar esperando por alguém que não sei se virá!


A.C.S.

Nenhum comentário:

Postar um comentário