sábado, 17 de outubro de 2009

Escravos do tempo e da espera

Quantas vezes já perdemos pessoas importantes em nossas vidas, não por fatalidades do destino, mas por falta de cuidado. Esquecemos, ou nos "falta tempo" para dar a devida atenção que elas precisam. A melhor desculpa que arrumamos é que "não tivemos tempo", é algo tão fácil de ser aceito. Mas não por muito tempo.
Quando transferimos a culpa no tempo, inconscientemente pensamos ter deixado de ter um certo compromisso com o outro, doce engano! Acabamos por nos tornar, vítimas, escravos desse tempo, que na realidade não existe como pensamos, simples horas demarcadas por ponteiros. Somos nós que criamos o tempo, por isso temos que usá-lo a nosso favor, não contra nós. Quem decide o que pode ou não fazer com o tempo que temos, somos nós mesmos. Não nos foram disponibilizados apenas algumas horas do dia, mas vários dias inteiros... Resta agora usá-lo com sabedoria, sem desperdiçar um segundo se quer de vida. Cada um administra seu tempo como quer, e tem o tempo vago que quer para fazer o que quer e/ou o que não quer.
Se nessas 24 horas de hoje você não arrumou tempo para fazer tudo o que queria e precisa, não deu nem para dar um telefone àquela pessoa, não deixe passar de amanhã, pois em certo momento sua falta de disponibilidade, será vista como desamor, e não poderá culpá-la por isso.
Se for para deixar alguém esperando por sua atenção, dedicação, carinho, amor, apoio, ou seja lá o que for que esse alguém espere, não faça compromisso, não se amarre à ela, não a faça perder tempo...
As pessoas se cansam de esperar, elas também se cansam de ser deixadas para depois. Alguém já dizia: "Se uma pessoa não tem tempo para você, desista dessa pessoa, pois ela já desistiu de você!"
Se deixarmos de cuidar devidamente das pessoas que nos cercam, elas vão se afastar lentamente, de uma forma silenciosa, quase imperceptível, e quando menos esperarmos, será tarde... Não terá como voltar atrás para nos redimirmos por nossas falhas. Poderá não ser tarde para pedir desculpas, porém, desculpas não concertam o que deu errado, nem retomam na mesma intensidade o que se tinha antes.
Por isso faz-se necessário fazer nosso tempo, cuidar de quem cuida de nós. Se não for possível cumprir algo com alguém, peça desculpas antecipadamente, não o deixe esperando, evite magoá-lo sem intenção, evite causar-lhe dor sem necessidade. Porque falta de atenção, falta de tempo, falta de cuidado, falta de dedicação, falta de (...), muitas vezes subentendem falta de amor, falta de consideração, falta de lealdade... Enfim, tudo acaba girando em torno das faltas.
Não espere que alguém faça de você prioridade, faça de sua prioridade você mesmo.

"Nunca trate como prioridade quem te trata como opção!"


A.C.S.

2 comentários:

  1. Muito lindo, mas cadê aquela famosa postagem sobre o filme hein? (rsrsrs) Beijos e obrigado por eu não ser uma opção...

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh ta aqui!! Postagens de Agosto (a única =D)...

    ResponderExcluir