terça-feira, 20 de setembro de 2011

E a vida segue seu ciclo

Com dor ou sem dor, a vida segue seu ciclo, e eu sigo com a vida. Como já dizia Heidegger "somos as relações que criamos". Com dor ou sem dor, ainda fui capaz de entrar em uma relação por inteiro. Fui capaz de criar em um curto espaço de tempo uma relação verdadeira e intensa.
Talvez dessa vez eu esteja caminhando de volta para casa. Não temo encontrar aquela garotinha escondida atrás da porta. Não tenho medo de me atirar em seus braços.
Ela me abraça enquanto eu deixo as lágrimas caírem...
Não quero mais fugir da dor, tão pouco de quem eu realmente sou... Aos poucos vou juntando os pedaços de mim que se desfizeram, e voltando a ser eu mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário