quinta-feira, 27 de junho de 2013

Folha ao vento


Como uma folha ao vento me sinto 
Sem destino certo 
Apenas seguindo
Sem cais,
Um porto seguro
Ou um lugar onde eu posso chamar de lar
Eu sinto a brisa tocar-me
O vento muda a direção
É hora de partir
Tudo se foi, restando apenas o silêncio...

A.C.S.


Nenhum comentário:

Postar um comentário