segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Entre tempestades



Como controlar o maremoto dentro de mim?
Como segurar esse turbilhão de sentimentos emergindo, querendo sair?
Como fazer a tempestade parar?
Eu quero o silêncio...
Anseio a calmaria dos braços teus...
Quero ser tua, e quero que sejas meu.
Com todos os problemas, com todas as dificuldades,
Com todos os avessos que isso tem.


None

Nenhum comentário:

Postar um comentário