terça-feira, 28 de setembro de 2010

Sob minha pele

A forma como seus olhos olham os meus chega a doer...
Um olhar inocente, e intenso, com amor,
Um olhar que eu jamais vou ter...
Eu estava ali... eu continuo ali...
Buscando incessamentemente um lugar aonde eu pertença,
Talvez a lugar nenhum eu pertença...
Talvez eu tenha me perdido de mim...
Talvez eu tenha medo de me encontrar...
Seus olhos em meus olhos,
Um encontro doloroso,
Pois a cada olhar se evidência ainda mais a minha desorientação, o meu não ajustamento, o meu não pertencimento!

As vezes sinto como se fosse impossível me encaixar em algum lugar... como se meu lugar não fosse nesse mundo, como se eu nunca fosse me ajustar...
Como um estranho vagando, passo pelo mundo de forma despercebida como a brisa do anoitecer, onde poucos a veem passar...
Alguém sem forma definida... um ser mutável! Talvez aí esteja uma virtude, aí esteja minha força...

A.C.S.

Um comentário:

  1. Seus olhos em meus olhos,
    Um encontro doloroso,

    mto perfeito *-----------*

    ResponderExcluir